Creme de Beterraba

\\ Texto Christian Rullan

\\ Fotografia ©PMC

Em Novembro o frio chega e o Verão de São Martinho desaparece. Os aramos da terra molhada e as primeiras geadas inspiram a trabalhar a beterraba, os cogumelos e as carnes mais tenras.

Composição do prato

Creme de beterraba / Escalope de foie de pato / Azeite de oliva virgem extra / Flor de sal / Microvegetais de agrião / Crutons de pão / Trompetas de la muerte (Cogumelos)

 

Creme de beterraba: 200 g de beterraba cozida, 150 g de alho francês, 0,5 l de caldo de galinha, azeite de oliva virgem extra.

Processo: Numa panela, colocar o caldo de galinha e o alho francês cortado às rodelas. Pôr ao lume até que o alho francês esteja cozido. Acrescentar a beterraba cortada e deixar cozer 5 minutos. Triturar tudo na liquidificadora e emulsionar com o azeite extra virgem. Reservar.

 

Escalope de foie de pato: para 4 unidades.

Processo: Cortar o escalope em quatro pedaços. Numa frigideira muito quente, selar os pedaços de ambos os lados. Retirar e reservar.

 

Trompetas de la muerte: 250 g de trompetas, alho, tomilho, sal e azeite de oliva.

Processo: Lavar as trompetas com muita água, escorrer e secar. Numa frigideira muito quente, com um pouco de azeite, colocar dois dentes de alho, as trompetas e o tomilho. Saltear dois minutos e temperar com sal e pimenta no final. Reservar.

 

Empratamento: Servir bem quente (sem ferver) numa tigela ou num prato fundo, colocar por cima dois pedaços de escalope de foie, as trompetas, flor de sal, os crutons, os microvegetais e termina-se com um pouco de azeite de oliva virgem extra.

PARTILHAR O ARTIGO \\