\\ Texto Maria Amélia Pires
\\ Fotografia Direitos Reservados

South American Amateur Championship

Pedro Lencart termina em 12.º lugar

Pedro Lencart poderia ter-se tornado no melhor português de sempre no South American Amateur Championship, mas a última volta fez com que o jogador, de apenas 17 anos de idade, terminasse em 12.º, o seu pior resultado do torneio disputado no Martindale Country Club, em Buenos Aires, Argentina.

O português concluiu a terceira e penúltima volta do South American Amateur Championship com 68 pancadas, 4 abaixo do par, descolando do quinteto dos sextos classificados para o segundo lugar, empatado com o australiano Charlie Hillier, ambos com 209 pancadas, 7 abaixo do par.

Para o jogador da Seleção Nacional e campeão do British Boys Amateur Championship em 2017, foram três voltas abaixo do par-71 (70-71-68), antes de uma última de 75 (+3), com cinco bogeys e dois birdies. Vítor Lopes, em prova pelo quarto ano seguido, acabou em 34.º e mantém-se assim na posse da melhor marca portuguesa no evento: o 10.º lugar em 2015.

O vencedor foi o canadiano Chris Chrisologo que dominou desde a segunda volta e concluiu com 275 (72-64-66-73), 13 abaixo do par, o que lhe deu uma vantagem de quatro pancadas sobre o argentino Alejandro Tosti (67-75-70-67) e de cinco sobre os terceiros: os mexicanos Aaron Terrazas e Rafael Miranda.

Os dois portugueses estiveram acompanhados pelo Treinador Nacional, Nelson Ribeiro.

PARTILHAR O ARTIGO \\