\\ Texto Redação
\\ Fotografia Direitos Reservados

Sensei

Startup portuguesa atrai atenção de investidores

Fundada há um ano por Vasco Portugal, Joana Rafael e Paulo Carreira com o objetivo de revolucionar o negócio do retalho tradicional, otimizando as lojas e a experiência do cliente, o Sensei, uma startup portuguesa, anunciou que obteve um importante financiamento pre-seed de meio milhão de euros para a primeira fase de expansão da empresa. Tendo concluído, no ano passado, o prestigiado acelerador americano Techstars – o Metro Accelerator for Retail –, em Berlim, a empresa chamou a atenção de importantes investidores, como o alemão Metro Group, juntamente com o grupo Sonae – através da Sonae IM (Bright Pixel) – o acelerador Techstars e um conjunto de business angels.

O Sensei desenvolveu um algoritmo que consegue transformar uma câmara de segurança, ou qualquer câmara previamente instalada, num poderoso sensor com capacidade de digitalizar todo o espaço, produtos e interações de visitantes. Através de um software intuitivo, apresenta, por exemplo, a visão da loja, deteta prateleiras vazias, o espaço que os clientes percorrem, todas as interações no espaço de loja e se essa movimentação se traduz em venda. O Sensei utiliza uma perspetiva 360 do negócio para otimizar todos os recursos disponíveis, conseguindo detetar os padrões de compra. Com a tecnologia do Sensei, o movimento humano no espaço da loja é detetado e os resultados apresentados em tempo real num dashboard, sendo a informação recolhida totalmente anónima e a privacidade totalmente respeitada.

PARTILHAR O ARTIGO \\