\\ Texto Redação

Dom Pérignon

Metamorfose: mudança de forma, transição de uma etapa para a seguinte. É neste conceito que a Dom Pérignon encontra a tradução da essência dos seus champagnes, aquilo que os distingue e torna tão especiais, visto que não evoluem gradualmente, mas sim em estágios, chamados de «plenitudes», cada um com as suas próprias características e sensações.
Inspirado por esta metamorfose, o estilista holandês Iris van Herpen desenhou uma edição limitada do Dom Pérignon Vintage 2004 e do Dom Pérignon Vintage Rosé 2003, que celebram assim a sua transição para a Segunda Plenitude.

PARTILHAR O ARTIGO \\