Vinum Restaurant & Wine Bar

Eternizar a paixão pelo vinho

\\ Texto Andreia Filipa Ferreira

O Vinum Restaurant & Wine Bar resulta de uma parceria entre a família Symington e o grupo basco Sagardi.    

Cumprimentando uma das mais singulares paisagens portuguesas, com o Rio Douro e a Ponte D. Luís a tornar o horizonte indescritível, o Vinum Restaurant & Wine Bar guarda uma história de amor cativante. Em 1882, um jovem desembarcava no Porto, vindo de Glasgow, e o encanto de Beatrice de Leitão de Carvalhosa Atkinson, proveniente de uma família dedicada à produção de Vinho do Porto, conquistou-o. Esse rapaz de 19 anos carregava o nome de Andrew James e um apelido que hoje é sinónimo de qualidade vinícola: Symington. Durante gerações, a dedicação ao Douro e às vindimas mantiveram a paixão de Andrew James e Beatrice bem viva, numa constante busca pelo melhor Vinho do Porto. E é nesta busca que encontramos o Vinum Restaurant & Wine Bar, um espaço que conjuga a paixão pelos bons vinhos com boa comida, numa parceria entre a família Symington e a família basca Sagardi.

Com uma decoração inspirada ? como não poderia deixar de ser ? no vinho, a sala principal do Vinum encontra-se rodeada por 3200 pipas de carvalho onde envelhecem os Vinhos do Porto da Graham?s. Num edifício que remonta a 1890, o restaurante incorpora mesas em madeira, sobre as quais pairam candeeiros que atribuem uma atmosfera acolhedora e convidativa ao espaço. No prolongamento da sala principal, o Atrium destaca-se como um dos pontos perfeitos para desfrutar, a qualquer hora do dia, de uma das mais belas vistas da Europa.

Trazendo para a mesa a cozinha tradicional do Douro, de Trás-os-Montes, do Minho e do Oceano Atlântico, e integrado nas caves históricas da Graham?s, o Vinum é um paraíso para os amantes do vinho e das especialidades gastronómicas do norte de Portugal. Pelas mãos de Iñaki de Viñaspre, as carnes de boi velho vão-se juntando às chamuças de moura e maçã, às alheiras grelhadas e até aos peixes provenientes da lota de Matosinhos, numa mistura entre a cozinha cosmopolita e os produtos locais, confeccionados de forma simples. Mas a oferta alastra-se como as vinhas se espalham pelo Douro. Numa paragem na visita às adegas ou entre uma prova de vinhos privada, o Vinum convida a saborear o rosbife e parmesano com vinaigrette de mostarda ou a pescada marinheira com mexilhões, terminando com uma tarte fina de maçã. Se este menu não satisfizer os apetites, talvez seja o bife de tártaro de atum com tomate confitado ou o lombo de bacalhau com caldo verde o alvo seguinte. Na sobremesa, os raviolis de pinha e manga com gelado de coco prometem ser o toque final ideal para a refeição. A acompanhar todos os menus estão os melhores vinhos portugueses. 

PARTILHAR O ARTIGO \\