âme moi

Arte, exclusividade e tradição

\\ Texto Maria Manuel Freitas
\\ Fotografia Daniel Camacho

Arte, exclusividade e tradição. Assim se pode adjectivar a âme moi, a marca portuguesa de acessórios de luxo que representa autênticos «estados de alma» desde 2013. O projeto é recente e foi o resultado final de três eixos: primeiro, a ideia de Alberto Gomes e Margarida Jácome, fundadores da marca; depois, os traços inspirados da designer Carlota Costa e, absolutamente essencial, artesãos primorosos. A maquinaria, escolhida de forma criteriosa, serve apenas para confeccionar o que não é feito à mão. Localizada em Vila Nova de Famalicão, a fábrica da  âme moi conta com uma pequena produção que vale a pena conhecer. O exterior, repleto de espaços verdes e adjacente à Casa do Outeirinho, traz boas sensações e, certamente, inspiração.

Desta fórmula, resultam malas delicadas e dedicadas, pois cada mala representa elementos da arquitetura portuguesa, com formatos geométricos, e da cultura portuguesa, desde a tapeçaria alentejana, passando pela calçada portuguesa, até a uma edição limitada, a Pour Lucie, inspirada nas obras de Amadeo de Souza Cardoso e em Lucie Meynardi Pecetto, a jovem com quem o artista viria a casarcriada em parceria com Isabel Rebello Andrade, sobrinha-neta de Souza Cardoso.

Chiado Pour Lucie, a primeira de uma colecção de seis carteiras, tem como base o quadro Clown, Cavalo, Salamandra. A alusão ao cavalo poderia ser um mero pormenor, mas não. Mais do que isso, o Cavalo Lusitano está nos mais refinados detalhes, como o tassel (pendente) feito manualmente, com crina de cavalo, e o interior vermelho, representativo do puro sangue daquele animal. De elementos como ouro, prata, filigrana, seda bordada à mão e pele, resulta outro adjetivo caracterizador da marca âme moi – exclusividade. 

A escolha do mercado de luxo também não foi ao acaso. A qualidade e o requinte com que se trabalha, o constante desafio de apelar ao conceito de mulher moderna e sofisticada fez com que, em 2016, a marca lançasse a sua colecção na Semana da Moda de Milão, mercado onde despertou a atenção e curiosidade dos meios de comunicação social.

Daí até chegar aos armazéns Harrods e Selfridges, em Londres,  foi um ápice. Pela Europa, está em lojas multimarcas, assim como em África e na Ásia. Em Portugal, as malas âme moi podem ser adquiridas na Loja das Meias, em Lisboa e Cascais, estando a chegar ao Porto (Esplanada do Castelo – Foz Velha), sendo ainda possível encomendar pelo site da marca.

PARTILHAR O ARTIGO \\