Benetti Vica

Intimamente desafiante

\\ Texto João Afonso Ribeiro
\\ Fotografia Thierry Ameller

Olhá-lo de perfil é perceber o tom desafiador com que este novo modelo enfrenta as águas, com os seus 50 metros de comprimento. Desenhado para navegar essencialmente nas águas quentes do Mediterrâneo, o Benetti Vica idealiza-se pelos amplos espaços abertos e pelas amplas janelas, pensadas para receber a luz natural que inunda o sul da Europa. Mas este Benetti não é apenas mais um navio de luxo. A sua principal novidade assenta no uso de duas diferentes técnicas estruturais, que conjuga um casco em fibra de vidro com uma estrutura baseada sobretudo em alumínio, o que permite uma especial acuidade no sentido de minimizar vibrações e maximizar o conforto a bordo.

O modelo Vica foi desenhado para navegar nas águas quentes do Mediterrâneo.

Mas o enfoque vai, de facto, para a exploração ao pormenor no aproveitar das condições climatéricas, para as quais o navio foi desenhado. De fabrico italiano, o Benetti Vica foca a sua aposta nos espaços marcadamente abertos, nas varandas que se estendem longitudinalmente e numa navegação extremamente fácil, sem alvoroços. Nas melhores tardes de verão, o exterior convida a descontrair em um dos dois jacuzzis disponíveis ou a usufruir de relaxantes banhos de sol. Uma vez no interior, a embarcação oferece comodismo e é embaixadora de um estilo de vida próprio. Um piano, karaoke, bar e uma área intimista com sofás, mesa de café e um grande televisor plasma compõem a área social. Um pouco mais abaixo encontram-se os quatro quartos, dois deles equipados com camas king size.
A propulsão é da responsabilidade de dois motores CAT C32 Acert, que debitam, no seu conjunto, 2600 cavalos de potência e são o garante de potência suficiente para mover as 498 toneladas do navio. O Benetti Vica tem uma autonomia de quatro mil milhas náuticas a uma velocidade cruzeiro de 12 nós, estabelecendo, no entanto, os 15.5 nós como velocidade máxima anunciada pela marca.

PARTILHAR O ARTIGO \\