Ljubomir Stanisic

Viagens Servidas à Mesa

\\ Texto Sónia Gomes Costa
\\ Fotografia 1 ©Constantino Leite/Papa Quilómetros; 2,3,4 ©Fabrice Demoulin/100 Maneiras

Sem regras e um sem número de maneiras de criar alimentos que se servem à mesa. É sob esta égide que o chef Ljubomir Stanisic cozinha no 100 Maneiras, conceito que concebeu para provocar, estimular os sentidos e a imaginação de quem prova as obras de arte que cria. E porque onde há criação não há normativas, este chefe de três cozinhas na capital portuguesa serve a criatividade à mesa, de todas as maneiras possíveis e imaginárias.

Onde há criação não há normativas. E Ljubomir Stanisic serve a criatividade à mesa.

Reflexo da personalidade de Ljubo ? assim é conhecido entre amigos ?, o conceito dos três restaurantes 100 Maneiras (no Bairro Alto), Bistro (na Trindade) e Nacional (em São Bento) é uma fusão do tradicional com o inovador, do conhecimento com a imaginação. Porque este chef gosta de comer, viajar, rir, conversar, ver filmes (sobretudo os do Tarantino) e amar? E adora misturar com mestria esses ingredientes pessoais, com os dos alimentos. E Ljubo põe nas suas criações toda a sofisticação e tempera-a com a descontração que lhe é característica. O chef 100 Maneiras gosta mesmo é de ter a liberdade de escolher uma das imagens mais emblemáticas de Lisboa, como um estendal, e um dos ingredientes nacionais mais famosos, como o bacalhau, e transformá-los num prato delicioso e surpreendente. Desfrutar dos prazeres da vida e celebrá-los com excelente comida e em boa companhia são as máximas que Ljubo faz questão de passar, confecionando pratos em mais de 100 maneiras diferentes.

PARTILHAR O ARTIGO \\