Viking 92 Convertible

Luxuosamente desportivo

\\ Texto Maria Amélia Pires
\\ Fotografia © Viking

Para optimizar a sua resistência, o casco foi construído com resina infundida, fibra de carbono e fibra de vidro.

E se um barco de pesca desportiva se transformasse num luxuoso iate? O Viking 92 Convertible, do estaleiro Viking Yachts, não é apenas mais um barco. Este modelo não só é o maior conversível, como o tecnologicamente mais avançado da sua classe. A sua origem vem de 2004, quando a empresa lançou o Viking 74 com o intuito de participar em competições de pesca desportiva. À época, poucos acreditavam que um barco com aquelas dimensões pudesse competir, mas a Viking provou o contrário, lançando desde então uma série de modelos, como este Viking 92 Convertible, com recursos e inovações ímpares.

Este modelo está disponível com o flybridge aberto ou fechado e com plataformas mezzanine, uma na cabina de comando e outra no deck da popa. Também inclui uma cozinha exterior e área de grelhar, e o luxo completa-se com a cozinha interior em forma de L e uma sala de jantar para oito pessoas, com mobiliário embutido e uma televisão plana elevatória. O Viking 92 tem seis cabines com chuveiro, sendo que a suíte master possui um closet e uma cama king size que pode ser rodeada em todo o seu perimetro, algo incomum num barco desportivo.

Para optimizar a sua resistência, o casco foi construído com resina infundida, fibra de carbono e fibra de vidro, e as opções de propulsão englobam motores de grandes marcas (Caterpillar ou MTU). Este barco inclui um sistema ASEA Power para maior versatilidade e optimização do uso da energia, e a Atlantic Marine Electronics desenhou e instalou os componentes de comunicação, navegação, entretenimento e a electrónica para o controlo de sistemas.

Quer seja para pescar, quer para rasgar os mares ao sabor da vontade, o Viking 92 espera por amantes da pesca e do mar. Bem-vindo a bordo! 

PARTILHAR O ARTIGO \\